Após comprar ações, fundador da Tecnisa atinge fatia de 35% na incorporadora

Após comprar ações, fundador da Tecnisa atinge fatia de 35% na incorporadora

Circe Bonatelli

27 de abril de 2022 | 05h30

Meyer Nigri avalia que ações da Tecnisa estão muito baratas  Foto: Iara Morselli / Estadão

Após desembolsar mais de R$ 11 milhões na compra de ações da própria empresa desde o começo do ano, o fundador e presidente do conselho da Tecnisa, Meyer Nigri, atingiu uma fatia de 35% na incorporadora – confirmando um movimento que a Coluna revelou um mês atrás. Até o começo do ano, a fatia do empresário estava em 27,6%.

Na visão de Meyer, as ações da companhia que fundou há 45 anos estão muito baratas. O papel acumula queda de quase 60% nos últimos 12 meses, e, na cabeça do fundador, há potencial para recuperação.

Para equilibrar as contas, incorporadora tem feito cortes

Há mais de cinco anos, porém, a Tecnisa não apresenta lucro anual. Em 2021, quando o mercado teve recorde de lançamentos, a incorporadora lançou menos do que o anunciado como meta, alegando dificuldade nas vendas. Para equilibrar as contas, 30% dos funcionários já foram cortados, e há mais tesouradas pela frente.

Na Tecnisa, o filho do fundador e presidente executivo, Joseph Nigri, deixou o cargo há alguns meses, ficando apenas com uma cadeira no conselho. Ele deu lugar ao executivo Fernando Peres, ex-Volkswagen e Itaú, e que se considera um especialista em corte de custos. Ele terá o desafio de colocar a incorporadora no prumo em um ano marcado por inflação e juros altos, que atrapalham as vendas de imóveis.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast no dia 26/04/22, às 12h20.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.