Após fim de non compete, ex-BTG retoma aposta no setor corporativo

Após fim de non compete, ex-BTG retoma aposta no setor corporativo

Coluna do Broadcast

30 de janeiro de 2018 | 05h00

Foto: Tiago Queiroz/Divulgação

Após cumprir o período de não concorrência com o BTG Pactual, de onde saiu em meados de 2015, o executivo André Gregori faz uma nova ofensiva no mercado de seguro garantia com a insurtech Thinkseg. A novata, que até então tinha foco nas pessoas físicas e capitaneou a onda digital entre as seguradoras brasileiras, vai começar a explorar também o segmento corporativo a partir de março. O seguro garantia, que protege empresas de ações na justiça e também no caso de licitações e obras, será a porta de entrada.

De volta
Por trás da investida da Thinkseg, está o potencial do seguro garantia em meio à expectativa de retomada das obras de infraestrutura e a agenda de privatizações e concessões no governo de Michel Temer. A percepção é de que esse processo tende a abrir mais espaço para as médias empresas, um dos alvos da insurtech. Este mercado pode ainda ter um impulso adicional com a nova Lei de Licitações, em tramitação no Congresso, que prevê a ampliação da presença de apólices nas contratações públicas.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.