Após Manaus, XP deve abrir mais 5 espaços físicos até o fim do ano

Após Manaus, XP deve abrir mais 5 espaços físicos até o fim do ano

Cynthia Decloedt

02 de maio de 2022 | 16h00

Espaço XP em Manaus (AM), inaugurado no fim de abril   Foto:XP

A XP deve inaugurar mais cinco espaços físicos até o fim do ano, após abrir ao público na semana passada o primeiro deles em  Manaus, capital do Amazonas. Em cinco anos, a XP quer ter 100 espaços conceitos, em uma aparente mudança no modelo da companhia que nasceu essencialmente digital.

O motivo é claro: tornar a marca XP mais conhecida fora do eixo Rio-São Paulo, em lugares em que a predominância de agências físicas dos grandes bancos alcança um público que não é ou não gosta do puramente digital. Segundo o diretor de marketing da XP, Lisandro Lopez, “o impacto causado pela presença física de uma empresa que não é física, é muito grande, especialmente para indústrias como a financeira, na qual a missão é cuidar do patrimônio das pessoas”.

Iniciativa é vista como evolução, não passo atrás

Embora pareça um passo atrás – e um custo a mais -, os executivos da XP enxergam o movimento como uma evolução do negócio. Não está nos planos imediatos fazer transações bancárias nos espaços, mesmo quando o Banco XP estiver mais robusto. Investir nos espaços conceito também não é uma possibilidade.

Até aqui a ideia é, com a ajuda de profissionais e o peso e influenciadores do mercado financeiro, atrair os clientes para falar sobre investimentos e permitir que os agentes autônomos tenham um espaço físico para se relacionar com eles. O influenciador Pablo Spyer, conhecido pelo bordão ‘Vai, Tourinho’, por exemplo, participou da inauguração do espaço em Manaus. Além de palestrar, atraiu vários fãs para selfies e autógrafos.

Na prática, a XP quer fazer com que sua participação de mercado em outras regiões chegue ao patamar médio de 25% que detém nos Estados do Rio e de São Paulo. Em Manaus, por exemplo, onde já tem presença consolidada, a XP ocupa 14% de fatia no mercado de investimentos.

Na capital do Amazonas, a XP vai tentar dobrar o número de agentes autônomos plugados em sua plataforma – hoje são 50 – e buscar aumentar a captação de clientes. A ampliação da base de agentes autônomos deve acontecer de modo geral.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast no dia 02/05/22, às 11h32.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Tudo o que sabemos sobre:

XPcorretoraescritóriosManausbanco

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.