Após Petrobrás, Raízen deve emitir títulos no exterior

Após Petrobrás, Raízen deve emitir títulos no exterior

Coluna do Broadcast

10 de janeiro de 2017 | 05h00

S11 ARQUIVO 14/05/2014 ECONOMIA /NEGOCIOS COSAN - RAIZEN FOTO DIVULGAÇÃO

(Foto: Divulgação)

Depois de a Petrobras reabrir a janela de captação externa para empresas brasileiras, a Raízen deve seguir pelo mesmo caminho. Na fila, ainda estão Rumo Logística, Vale, Cemig, Braskem e o próprio Tesouro. A Fibria iniciou semana passada reuniões com investidores, o chamado roadshow, para sua emissão, mas sem data para a colocação.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.