Após vender operação de varejo, seguradora Sompo espera crescer 20% no Brasil neste ano

Após vender operação de varejo, seguradora Sompo espera crescer 20% no Brasil neste ano

Matheus Piovesana

12 de julho de 2022 | 05h30

Sompo quer avançar em seguros ligados à exploração de petróleo    Foto: Fabio Motta/Estadão

A seguradora Sompo espera crescer 20% no segmento corporativo no Brasil este ano, para uma arrecadação de R$ 1,8 bilhão em prêmios. Após vender o negócio de varejo no País para a HDI, a empresa quer ganhar espaço nos seguros para o mercado de energia, e também em ramos como o de responsabilidade civil para diretores de grandes empresas (o chamado D&O).

Forte em seguros que cobrem propriedades, em especial no setor industrial, a Sompo espera ganhar tração nos seguros ligados à geração eólica e hidráulica e também à exploração de petróleo. Entre as prioridades estão as usinas eólicas offshore, cuja regulamentação está em discussão. A empresa quer aproveitar a experiência e o capital de outras filiais nesses ramos.

Conclusão da venda da área de varejo à HDI depende de aprovação

Em maio, a HDI comprou as operações de varejo da Sompo no Brasil por cerca de R$ 1 bilhão. A seguradora de origem japonesa decidiu voltar-se ao segmento corporativo ao constatar que tinha menor capacidade de determinar preços em ramos como o automotivo, no qual tem 600 mil automóveis segurados. A conclusão do negócio ainda depende de aprovações regulatórias.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast  no dia 11/07/22, às 15h34

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Tudo o que sabemos sobre:

segurosSompoHDIenergiapetróleo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.