Apostando em agenda positiva, Votorantim laça mais um fundo de infra

Apostando em agenda positiva, Votorantim laça mais um fundo de infra

Coluna do Broadcast

19 de dezembro de 2018 | 04h00

A gestora do Banco Votorantim deu início às captações para um novo fundo de infraestrutura, focado em debêntures que financiam projetos no setor. Já foram captados R$ 40 milhões e a ideia da asset é atingir R$ 300 milhões.

Promissor. O banco aposta no crescimento dos investimentos em infraestrutura a partir de 2018 e em investidores mais maduros e preparados para terem recursos alocados em produtos que vão além da tradicional poupança ou título do Tesouro. Prova disso é que o fundo permite a entrada com volumes a partir de R$ 5 mil, justamente para atrair investidores fora do segmento de alta renda. Embora as debêntures sejam papéis de vencimento longo, o fundo permite resgate em 30 dias.

Focado. A gestora do Votorantim tem R$ 45 bilhões em ativos sob gestão, sendo metade em fundos estruturados, nos quais estão outros fundos de infraestrutura. Pela legislação, os fundos de infraestrutura têm de ser compostos em até 67% por esses papéis em seis meses e em até 85% em dois anos.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast +

Tudo o que sabemos sobre:

votorantiminfraestrutura

Tendências: