App do Mercado Pago poderá recarregar bilhete único com QR Code

André Italo Rocha

01 de setembro de 2020 | 05h00

O aplicativo para celular do Mercado Pago, fintech do Mercado Livre, passará a permitir que os usuários paguem pela recarga do Bilhete Único, do transporte público de São Paulo, por meio de QR Code, em terminais de recarga (ATMs) espalhados pelas estações de metrô. Cerca de 20 milhões de pessoas utilizam o transporte público em São Paulo.

Cobertura. A partir desta semana, a função estará disponível em todas as estações, nos terminais da Prodata, uma das empresas que produzem ATMs para o metrô. O plano do Mercado Pago é expandir o serviço a outras cidades. Quando estiver disponível o Pix, sistema de pagamentos instantâneos que deve ser lançado em outubro pelo Banco Central (BC), o QR Code será automaticamente adaptado para funcionar sob o novo modelo.

Oferta. A possibilidade de recarregar através de contas em aplicativos de instituições do setor financeiro já existe. Fintechs como o PicPay e a Superdigital, do Santander, já disponibilizam a função. Entre os bancos tradicionais, apenas o Banco do Brasil oferece o serviço. O Mercado Pago é a primeira a ter a recarga por QR Code.

Contato: colunadobroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

Cartões#qrcode

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: