Assembleia da Prumo, hoje, ainda está cercada de suspense

Coluna do Broadcast

24 de fevereiro de 2017 | 05h00

Marcada para hoje (24), a assembleia de acionistas que definirá se haverá um segundo laudo de avaliação para a oferta de aquisição de ações (OPA) da Prumo está cercada de suspense. O processo para fechamento de capital está sendo capitaneado pela controladora da companhia, o fundo norte-americano EIG. A BM&FBovespa já teria emitido ofício questionando a elaboração do laudo de avaliação feito pela Brasil Plural. Após ajustes, houve uma melhora de preço na OPA, de R$ 10,51 para R$ 10,53.

Dia a dia

Os olhares, contudo, estarão nos dois minoritários nada pequenos: o Itaú Unibanco e o fundo Mubadala, de Abu Dhabi. Para o sucesso do pedido de um segundo laudo, é preciso da aprovação de mais de 50% dos minoritários.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: