Banco do Brasil antecipa hoje corte nas taxas do consignado

Banco do Brasil antecipa hoje corte nas taxas do consignado

Coluna do Broadcast

03 de abril de 2017 | 09h16

O Banco do Brasil vai divulgar já nesta segunda-feira a redução dos juros cobrados no consignado (com desconto em folha) INSS e voltado ao servidor público federal. O movimento vem a reboque do anúncio feito pelo Governo na última quinta-feira (30), que determinou novos limites de taxas, com potencial em baixar em R$ 3,7 bilhões ao ano o pagamento de juros por parte desses clientes.

Novas taxas
Para aposentados e pensionistas vinculados ao INSS, os juros serão de 1,62% a 2,03% ao mês, o que corresponde a um custo efetivo total (CET) de 2,14%, com prazos de dois a 72 meses. O governo ajustou o teto para 2,14% ao mês, ante 2,34%, sendo que o BB praticava juros máximos de 2,33%. No caso de servidores públicos federais, as taxas não mudarão, uma vez que já têm refletido as quedas da Selic e o aumento da concorrência. O BB descarta impacto com a redução das taxas.

Siga a @colunadobroad no Twitter