Banco do Brasil inaugura primeira usina de energia fotovoltaica

Cristiane Barbieri

19 de fevereiro de 2020 | 04h37

O Banco do Brasil inaugura no dia 12 sua primeira usina de energia fotovoltaica. Ela será construída na cidade de Porteirinha (MG), pela EDP Brasil. A energia obtida possibilitará à instituição reduzir em cerca de R$ 58 milhões a conta de luz, em um período de 15 anos.

Pipeline. A inauguração estava prevista para fevereiro, mas foi adiada por conta das enchentes em Minas Gerais. Além desta, o BB tem outras seis usinas de energia fotovoltaica previstas para serem inauguradas em Minas Gerais, Distrito Federal, Goiás, Pará, Ceará e Bahia.

Bola da vez. O setor financeiro tem aumentado o engajamento nas pautas sustentáveis, que ganharam vez na última divulgação dos resultados dos grandes bancos. O Bradesco se comprometeu a usar 100% de energia renovável em todo o conglomerado até o fim de 2020. Antes, o Santander assumiu o compromisso de utilizar energias renováveis em 100% de sua operação até 2025.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Quer saber mais sobre o Broadcast? Fale conosco 

Tudo o que sabemos sobre:

BBenergia fotovoltaicabradescoSantander;