Banco do Brasil serve de ponte para serviços públicos a 25 milhões de clientes

Por Aline Bronzati

28 de abril de 2020 | 10h38

Foto: Aline Bronzati/Estadão Conteúdo

São Paulo, 28/04/2020 – O Banco do Brasil passou a ser uma espécie de ponte aos seus 25 milhões de clientes que precisam solicitar serviços públicos no ambiente on-line. A partir de hoje, a instituição disponibiliza para todos aqueles que já usam seus canais digitais a possibilidade de acessar o portal gov.br, utilizando sua agência, conta e senha de oito dígitos. Os dados de cada cliente seguem sob a guarda do BB.

Uma senha. O acesso é facilitado por meio de um sistema desenvolvido pelo Banco do Brasil em parceria com a Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia para que usuários com a autenticação bancária não precisem criar novas senhas no acesso aos serviços públicos digitais. Com a integração do BB ao login único do Governo Federal, que ocorre agora, eles passam a usar o próprio home banking do banco, digitalmente, sem necessidade de deslocamentos.

Covid-19. O estímulo aos canais digitais é mais importante em tempos de pandemia, quando os brasileiros foram colocados dentro de suas casas para conter a propagação do novo coronavírus no País. Com o empurrão do BB, a expectativa do Ministério da Economia é ampliar a base de usuários dos serviços digitais.

Que base? Mais de um quarto da população brasileira possui cadastro no login único – 58,5 milhões de pessoas, ao todo. Somente no primeiro trimestre, 3,66 milhões de pessoas a cada mês, em média, criaram novos perfis de acesso. Diversos serviços estão disponíveis incluindo o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) ou do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Um recentemente inseridos é o do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), do Ministério da Educação.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.