Banco do Nordeste emite R$ 800 mi em LF para reforçar capital

Banco do Nordeste emite R$ 800 mi em LF para reforçar capital

Coluna do Broadcast

20 de junho de 2019 | 04h00

O Banco do Nordeste (BNB) captou R$ 800 milhões em letras financeiras subordinadas para compor o capital do banco e, consequentemente, melhorar o índice de Basileia – que indica o quanto a instituição pode conceder em crédito sem comprometer seu capital. As letras financeiras foram distribuídas a um grupo fechado de investidores. O efeito da captação deve aparecer somente no balanço do terceiro trimestre, já que os números do segundo trimestre estão praticamente fechados. Considerando a Basileia do banco em março, de 9,5%, a operação deve contribuir para uma elevação de cerca de 1,5 ponto porcentual no indicador, para 11%.

Melhor aqui. O banco chegou a estudar uma captação externa de bônus, mas concluiu que conseguiria levantar os recursos a um custo mais baixo localmente. No exterior, o banco liquidou uma emissão de US$ 300 milhões de bônus de sete anos em maio.

Contato: colunadobroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem delay, assine o Broadcast+

Tudo o que sabemos sobre:

banco do nordeste

Tendências: