Banco IBM ajuíza ação de execução contra Leader e BTG

Coluna do Broadcast

23 Novembro 2016 | 05h00

O Banco IBM ajuizou ação de execução contra as lojas Leader, o BTG Pactual, a família Gouvêa, fundadora da rede, e Fabio Carvalho, executivo que mais recentemente comprou a rede varejista pelo valor simbólico de R$ 1. Para o banco, tanto o BTG como a família devem responder solidariamente pela dívida, apesar de já terem se desfeito da participação.

Valores. O banco, que se dedica à concessão de crédito para a aquisição de tecnologia, pede o pagamento imediato de R$ 57 milhões. A dívida total da Leader seria na casa de R$ 1 bilhão.

Capacidade patrimonial. Ainda na ação de execução, o IBM diz que transferir o controle da Leader a Fabio Carvalho significou fraude contra os credores, pois a capacidade patrimonial do executivo, especializado em reestruturação, é muito inferior à do BTG. Por isso, o “patrimônio de Carvalho é evidentemente incapaz de garantir o adimplemento das dívidas da sociedade”. A Leader, por sua vez, esclarece que está em renegociação com os credores. O BTG não comentou o assunto.

 

Siga a @colunadobroad no Twittar

Mais conteúdo sobre:

IBMleaderBTG