Bancos credores conversam com Odebrecht sobre eventual venda da Braskem

Coluna do Broadcast

16 de março de 2017 | 05h00

Em meio à expectativa da divulgação das delações dos executivos da Odebrecht, os bancos credores começaram a conversar com a empreiteira sobre uma possível venda da Braskem, braço petroquímico que possui a Petrobrás como sócia. Não existiria, até aqui, pressão para que a companhia se desfaça do ativo, mas a avaliação é de que a venda daria grande conforto financeiro à Odebrecht. A Petrobrás já decidiu há tempos sair da Braskem, mas esbarrou na falta de interesse da sócia em se desfazer do negócio e, mais recentemente, no veto do Tribunal de Contas da União (TCU) a desinvestimentos da estatal. Procurada, a Odebrecht disse não haver qualquer negociação de venda da fatia na Braskem.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.