Bancos fecham duas mil agências, mas rede de PAS cresce só em 300 pontos

Bancos fecham duas mil agências, mas rede de PAS cresce só em 300 pontos

Coluna do Broadcast

30 de julho de 2019 | 04h00

De 2016 para cá, os bancos brasileiros fecharam as portas de 1.959 agências no País, conforme dados do Banco Central até junho. Algumas unidades viraram postos de atendimento, os chamados PAs, de custo menor para os bancos. Mas foram poucas. Entre o fim de 2016 e junho último, a rede de PAs dos bancos brasileiros foi ampliada em 295 pontos.

Nada muda. Ao transformar as agências em postos de atendimento, os bancos passam a seguir regras mais flexíveis. Podem, por exemplo, ter uma boa justificativa para não fazerem movimentações financeiras como saques e depósitos. O BC já autorizou bancos terem agência sem numerário. Isso mesmo, sem dinheiro. Mas, sob o formato de posto de atendimento, fica mais fácil.

Contato: colunadobroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem delay, assine o Broadcast+

Tudo o que sabemos sobre:

Bancos

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.