Banqueiros e BC debatem expectativas em primeira reunião do ano

Banqueiros e BC debatem expectativas em primeira reunião do ano

Aline Bronzati

07 de janeiro de 2020 | 04h50

O primeiro encontro do ano entre banqueiros e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, foi pautado por perspectivas para 2020. A leitura é de que o cenário para a economia brasileira é mais positivo que o do ano passado. Sustenta tal visão inflação e juros baixos, o patamar do dólar, a despeito da tensão entre os Estados Unidos e o Irã, após o assassinato do líder iraniano Qassem Suleimani, na semana passada, melhora do emprego e continuidade da agenda de reformas no governo de Jair Bolsonaro.

Nada de micro. Futuras mudanças regulatórias para o setor bancário, contudo, ficaram de fora da pauta da reunião que ocorreu justamente no dia em que entraram em vigor as novas regras do cheque especial. O BC deve dar mais detalhes sobre a agenda do segmento, batizada de BC#, essa semana, em coletiva de imprensa agendada para quinta-feira, dia 09.

Nata. Participaram do encontro com Campos Neto o presidente da Caixa, Pedro Guimarães; do Banco do Brasil, Rubem Novaes; do Itaú Unibanco, Candido Bracher; do Bradesco, Octavio de Lazari; do Safra, Alberto Corsetti, e da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Murilo Portugal.

Notícia publicada no Broadcast no dia 06/01/2020, às 16:52:06

Contato: colunabroadcast@estadao.com
Siga a @colunadobroadcast no Twitter

 

Tudo o que sabemos sobre:

BCCaixaItaúbradescoSafrafebraban

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: