Banrisul cancela convênio com Prudential e dificulta pagamento de apólices

Banrisul cancela convênio com Prudential e dificulta pagamento de apólices

Coluna do Broadcast

16 de janeiro de 2019 | 04h00

O Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) está em vias de cancelar convênio com a seguradora Prudential para pagamento em conta corrente das apólices de seguro de vida. O casamento foi desfeito em uma carta enviada no mês passado com o prazo de 30 dias para a mudança. Pelo serviço de débito em conta corrente, o Banrisul recebia de R$ 7,00 a R$ 10,00 por transação da Prudential.

Não interessa. A justificativa do Banrisul é que não tem mais interesse na prestação de serviço. A oferta de débito em conta corrente é, contudo, um contrato comum entre diversas empresas. Além disso, as receitas com prestação de serviços são uma importante fonte de receita.

Vale lembrar. O Banrisul tem joint-venture com a Icatu Seguros, controlada pela família Almeida Braga, na área de seguros. A seguradora é especializada em seguro de vida assim como a Prudential. Além disso, tem parceria com a HDI no segmento de automóvel e com a SulAmérica em saúde. Como o prazo para encerramento do contrato pegou bem as festas de fim de ano, a Prudential teria pedido uma prorrogação do prazo que terminaria essa semana. Conseguiu. Agora, tem mais um mês para fazer a mudança de seus 3 mil clientes. Procurado, o Banrisul não retornou. A Prudential informou que entende que o parceiro exerce seu direito e respeita a decisão.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast +

Mais conteúdo sobre:

BanrisulPrudential