BB quer manter controle no banco Patagônia e foca em IPO

Coluna do Broadcast

02 de abril de 2017 | 05h00

O Banco do Brasil segue estudando alternativas para o Patagônia e cogita manter o controle na instituição argentina, com a venda de apenas 7% de sua fatia, de 58,97%, após uma eventual abertura de capital. O BB considera, inclusive, protocolar os documentos da operação no regulador americano (Securities and Exchange Commission – SEC) em abril. O objetivo é atrair investidores para as ADRs do Patagônia nos EUA.

Outro plano

A venda da participação do BB no Patagônia para um investidor estratégico segue nos planos. Depende, principalmente, do tamanho da oferta. A instituição já vem recebendo propostas e teria atraído interessados como Macro, Galícia e BBVA.

Reforço

Enquanto isso, o BB reforçou o quadro de executivos na Argentina, com a ida de Márcio Takeda, até então gerente executivo de mercados de capitais do BB, e de Oswaldo Parre dos Santos, executivo da área de crédito corporativo. Procurado, o BB não comentou.

Siga a @colunadobroad no Twitter