BC deve aprovar nesta semana compra de fatia da XP pelo Itaú

BC deve aprovar nesta semana compra de fatia da XP pelo Itaú

Economia & Negócios

08 Agosto 2018 | 04h00

A saga da XP Investimentos e do Itaú Unibanco para fechar um dos negócios mais comentados no mercado financeiro deve chegar ao fim nesta semana, um ano e três meses após do anúncio do acordo. As apostas são de que o aval do Banco Central virá mais precisamente na quinta-feira, dia 9 de agosto. A autoridade monetária irá aprovar, entretanto, somente a aquisição da fatia de 49,9% da XP pelo Itaú. Isso vai além das exigências feitas em abril pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para aprovar a transação, que tinha imposto, por exemplo, a manutenção de taxa zero para a oferta de produtos.

Maior. O contrato fechado entre o Itaú e XP no ano passado previa a possibilidade de o maior banco privado da América Latina deter o controle e elevar sua participação na corretora para 75% a partir de 2022, podendo chegar aos 100% em 2024. Pela fatia de quase 50%, o Itaú desembolsará R$ 6,3 bilhões. Procurados, Itaú, XP e Banco Central não comentaram.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real