Belo Monte é alvo de chineses

Economia & Negócios

21 de outubro de 2016 | 05h00

As elétricas sócias de Belo Monte – Eletrobrás, Cemig, Light e Neoenergia – já decidiram vender suas participações na usina, que é alvo de investigação da Lava Jato. O processo ainda não começou formalmente, mas já teria atraído o interesse de companhias chinesas, dentre elas a State Grid, que acaba de comprar a CPFL. “Estão comprando no saldão”, disse uma fonte.

Tudo o que sabemos sobre:

belo montestate grid

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.