BMG promete mais do que dobrar lucro em 2019

BMG promete mais do que dobrar lucro em 2019

Coluna do Broadcast

09 Novembro 2018 | 04h00

Preparando sua estreia na Bolsa brasileira para dezembro, o banco BMG já colocou na mesa algumas de suas projeções para 2019, em conversas iniciais com investidores. A previsão passada foi de que o lucro líquido, que deverá fechar neste ano em R$ 300 milhões, salte para cerca de R$ 750 milhões em 2019 – ou seja, mais do que dobrará em seu primeiro ano como uma companhia de capital aberto.

De acordo com o prospecto da oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), arquivado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e que contém os dados referentes ao terceiro trimestre deste ano, o lucro do BMG de janeiro a setembro chegou a R$ 196 milhões, salto de 129,2% ante igual intervalo de 2017.

Teste. O banco tem sondado os investidores tentando ser avaliado entre R$ 10 bilhões e R$ 15 bilhões, mas ainda não se sabe em qual montante exato a instituição mineira, da família Pentagna Guimarães, fará o teste. Para o próximo mês, a empresa de tecnologia Tivit também prepara o lançamento de suas ações. Procurado, o BMG não comentou por estar em período de silêncio.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real.

Mais conteúdo sobre:

bmgIPO