Bocom BBM prepara fundo para investimento em títulos soberanos da China

Bocom BBM prepara fundo para investimento em títulos soberanos da China

Marcelo Mota

13 de outubro de 2021 | 05h20

Fundo vai comprar papéis denominados em renmimbi, a moeda chinesa  Foto: Reuters

Prestes a se tornar 100% chinês, aguardando apenas a aprovação das autoridades daquele país para a compra do capital remanescente com a família Mariani, o banco Bocom BBM prepara o lançamento de um fundo dedicado ao investimento em títulos soberanos da China. A instituição vai dar a largada na aplicação, com um investimento proprietário de R$ 50 milhões.

Segundo o presidente do comitê-executivo do Bocom BBM, Alexandre Lowenkron, o fundo vai comprar papéis denominados em renmimbi, a moeda chinesa. Valem títulos emitidos pelo governo central, os chamados CGB (China Government Bonds), valem os de entidades semi-soberanas, especialmente o CDB (China Development Bank), que possuam suporte integral do governo central chinês.

A aplicação será oferecida a investidores qualificados e profissionais que busquem diversificação internacional. Para o Bocom BBM, o comportamento demonstrado por esses ativos na crise deflagrada pela pandemia, que levou à corrida para o renmimbi e o consequente fechamento de spreads pagos na remuneração dos papéis soberanos, é uma demonstração do potencial de proteção ao risco oferecido em tal investimento.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 12/10/2021 às 12h42.

Broadcast+ é a plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.