Bolsa norte-americana CME vende sua participação na BM&FBovespa

Coluna do Broadcast

26 de janeiro de 2017 | 05h00

CBR22 SÃO PAULO SP 18/09/2013LEILÃO DA BR-050 / BOVESPA ECONOMIA Leilão da rodovia BR-050 , trecho que vai de Goiais a Minas Gerais , na sede da Bovespa , no centro . FOTO: CLAYTON DE SOUZA/ESTADÃO

(Foto: Clayton de Souza/Estadão)

A bolsa norte-americana CME vendeu a fatia remanescente que tinha na BM&FBovespa, de 2,4%. A CME sinalizou o desinvestimento na semana passada, quando Charles Carey, conselheiro indicado pela bolsa dos EUA, renunciou ao cargo e informou que a CME não teria interesse em indicar novo candidato, sem explicar a razão. O banco que fez a operação foi Bank of America Merrill Lynch.

Reduzindo

A CME, que no passado chegou a deter cerca de 5% das ações da Bolsa, já vinha reduzindo sua participação desde 2016. No pano de fundo está a fusão da BM&FBovespa com a Cetip, que está há mais de 200 dias em análise no Cade. A Bolsa brasileira tinha participação equivalente na CME, mas vendeu suas ações justamente para levantar caixa para financiar a compra da Cetip.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.