Brasileira e mexicano assumem presidência global de americana Hempmeds

Brasileira e mexicano assumem presidência global de americana Hempmeds

Talita Nascimento

08 de maio de 2020 | 04h03

Caroline Heinz, presidente global da HempMeds – Foto: Jordan Guzzardo/Divulgação

A carioca Caroline Heinz, antes vice-presidente da HempMeds no Brasil, assumiu, com o mexicano Raul Elizalde, o cargo de co-CEO global da empresa. A HempMeds, subsidiária da companhia norte-americana Medical Marijuana, foi a primeira a ser autorizada pela Anvisa a importar produtos à base de canabidiol para o País. Caroline chegou à liderança do braço brasileiro da empresa em 2014, quando a aprovação do órgão sanitário foi concedida.

Lastro. Caroline Heinz levou a HempMeds à marca de 5 mil importações desde 2015, o que significam cerca de 80 mil frascos do produto e, atualmente, 2 mil pacientes ativos. Em um país com tantas restrições à substância, os números deram à executiva destaque internacional. Segundo Caroline, tanto ela quanto Raul abriram mercados em países complexos, o que levou à escolha de ambos para o cargo.

Ambições. Dentre as metas da nova gestão, que terá sob sua tutela escritórios da subsidiária nos Estados Unidos e na América Latina, está a expansão nos países latinos e em Portugal. A meta é fazer o mesmo trabalho educacional com médicos e estudos clínicos, agora nos Estados Unidos. A gestão de Caroline no Brasil fez um trabalho intenso com médicos, que passaram a prescrever produtos à base de canabidiol.

Tudo o que sabemos sobre:

Hempmedscanabidiol

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: