BTG prevê financiar R$ 5 bilhões em infraestrutura na América Latina

BTG prevê financiar R$ 5 bilhões em infraestrutura na América Latina

Cynthia Decloedt

13 de junho de 2021 | 05h00

BTG participou do projeto da usina termossolar  Cerro Dominador, no Deserto do Atacama Foto: AFP

O BTG Pactual está intensificando a atividade de seu braço de project finance na América Latina e analisando 10 projetos de infraestrutura, com potencial de financiamento de R$ 5 bilhões até o fim deste ano. A maioria deles está no Brasil, no Chile e na Colômbia, embora o banco tenha atuado em projetos também no México e Peru. O BTG participou, por exemplo, como financiador de um dos consórcios vencedores do emblemático leilão de concessão da Cedae, a companhia de saneamento do Rio de Janeiro, que movimentou mais R$ 22 bilhões no fim de abril. Na Colômbia, estruturou a emissão de 760 milhões de pesos colombianos em bonds com compromisso social do projeto Puerta de Hierro, da concessionária Sacyr, corredor rodoviário de 198 quilômetros que liga portos às principais cidades do Caribe colombiano. O título de dívida foi emitido para pagar um empréstimo ponte feito pela concessionária de US$ 185 milhões, dos quais o BTG Pactual teve participação.

O BTG participou do projeto da primeira usina termossolar da América Latina, a Cerro Dominador, inaugurada esta semana no Chile. A usina usa tecnologia para armazenar o calor produzido durante o dia para gerar energia também à noite. Está no projeto desde o início, em 2014, e destinou mais de US$ 300 milhões entre empréstimo ponte e empréstimo de longo prazo.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 11/06, às 18h32.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

BTGinfraestruturaAmérica Latina

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.