Busca por crédito cai 1,7% em fevereiro e é a primeira desde 2018

Busca por crédito cai 1,7% em fevereiro e é a primeira desde 2018

Fernanda Guimarães

01 de abril de 2020 | 04h15

FOTO: NILTON FUKUDA/ESTADÃO

Antes de o Brasil entrar em quarentena para conter a disseminação do Covid-19, a procura do consumidor por crédito já havia registrado queda. Em fevereiro, os pedidos recuaram 1,7% – primeira retração desde novembro de 2018, segundo o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito. Segundo a Serasa, o movimento se deu apenas pelo fato de o mês de fevereiro ter tido menos dias úteis neste ano.

Até aqui. No primeiro bimestre, a procura por crédito cresceu 5,7%, no comparativo anual. O maior aumento foi registrado na região Sul, com 7,9%. Apesar da alta nos dois primeiros meses do ano, o crescimento foi menor do que aquele registrado em 2018 e em 2019.

Para baixo. O economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, afirma que é possível perceber a queda da confiança do consumidor por conta do cenário da pandemia. Como consequência, elas se afastam do crédito voltado ao consumo. De acordo com ele, mesmo que parte das pessoas busque crédito neste momento para pagar contas, por exemplo, a quantidade não deve ser suficiente para identificar crescimento na demanda.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Quer saber mais sobre o Broadcast? Fale conosco

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

Serasa Experiancrédito

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: