Busca por trabalho remoto cresce 60% no mundo em meio à pandemia

Busca por trabalho remoto cresce 60% no mundo em meio à pandemia

Fernanda Guimarães

25 de junho de 2020 | 04h00

A pandemia que colocou a população em quarentena mudou a dinâmica do mundo do trabalho. Pesquisa do LinkedIn mostrou que a busca por trabalho remoto aumentou 60% em todo o mundo, de março para cá. No Brasil, as visualizações desse tipo de vagas estão 67% superiores, em comparação ao período anterior ao isolamento.

Fôlego. A mudança no perfil de busca por trabalho ocorre em um momento de estabilidade na taxa de contratação registrada pela plataforma. Globalmente, o indicador está estável e até mesmo recuperação em alguns países, como China e Cingapura, nas últimas seis semanas, em comparação às quedas registradas entre março e abril. Já na Austrália, nos Estados Unidos, no Reino Unido e no Brasil, as taxas de contratação apontam algum otimismo desde o início de junho.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

#homeofficepandemia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: