BV vai expandir estratégias de crédito com novos investimentos em fintechs

BV vai expandir estratégias de crédito com novos investimentos em fintechs

Cynthia Decloedt

15 de dezembro de 2021 | 05h30

Banco BV (antigo Votorantim). Crédito da foto: Solange Macedo/Divulgação

Banco aposta em novos negócios  Foto: Solange Macedo/Divulgação

Com a concorrência acirrada em serviços bancários e de crédito, o BV está acelerando a expansão de opções de crédito, para fortalecer sua marca, especialmente em segmentos nos quais já é forte, como veículos e energia. Esse caminho passa pela área de novos negócios – como investimentos de venture capital e fusões e aquisições (M&A), além de parcerias.

O BV ainda tem boa parte dos R$ 300 milhões que separou há cerca de dois anos para esses investimentos e deve colocar os recursos para rodar mais ativamente em 2022.

Algumas investidas feitas em venture capital e M&A têm dado resultados acelerados, o que reforça a tese de diversificação de receitas do BV.

O financiamento de placas solares, por exemplo, supera R$ 2 bilhões. O negócio partiu de um investimento que começou como venture capital. Este ano, o BV e o Portal Solar, holding de energia solar no País, assinaram acordo para o banco assumir 100% do controle da plataforma online Meu Financiamento Solar (MFS), canal exclusivo de crédito para projetos fotovoltaicos no Brasil, mantido até então pelas duas empresas desde setembro do ano passado.

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 14/12/21, às 09h54.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.