C6 Bank zera emissão de carbono

C6 Bank zera emissão de carbono

Fernanda Guimarães

14 de janeiro de 2021 | 05h00

O banco digital C6 Bank zerou suas emissões de carbono. A compensação foi feita por meio da compra de créditos da Moss.earth, a maior plataforma de compensação de carbono do mundo. Agora, a ideia é incorporar essa prática e repetir a compensação em 2021 e nos próximos anos. Para realizar a compra dos créditos, o C6 Bank fez um inventário da pegada de carbono de todas as empresas do grupo, incluindo nessa conta o consumo de energia elétrica e o transporte dos funcionários, de deslocamentos de táxi a viagens de avião, o que totalizou uma emissão de 475 toneladas de carbono em 2020.

Passo a passo. O banco compensou toda essa emissão por meio da compra de créditos de carbono gerados pelo projeto da Fazenda Fortaleza do Ituxi, que está localizada ao sul da Amazônia. Segundo a plataforma da Moss, entre 55 bilhões de toneladas de emissões de empresas e indivíduos, o mundo compensa apenas 11 bilhões de toneladas.

 

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 13/01/2021 às  09:32:18.

O Broadcast+ é a plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse

Tudo o que sabemos sobre:

C6crédito de carbono

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.