Cade receberá informações para análise de compra da Atvos Industrial até dia 8

Cade receberá informações para análise de compra da Atvos Industrial até dia 8

Mariana Durão

29 de maio de 2020 | 05h02

Máquinas fazem a colheita da cana-de acúcar. Foto de Thiago Teixeira/AE

Rio, 29/05/2020 – A LSF10, fundo de investimento controlado pela gestora norte-americana Lone Star, e a Natixis New York têm até 8 de junho para apresentar informações ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) no caso que analisa a compra do controle da Atvos Agroindustrial, empresa de açúcar e álcool controlada pela Odebrecht.

Descrição. Dentre outras coisas, Natixis e Lone Star terão de informar se de fato realizaram a operação; os nomes das empresas e pessoas envolvidas; a estrutura societária da Atvos antes e depois da operação; e apresentar contratos. Também terão de dizer se o negócio foi notificado ao Cade e, em caso negativo, justificar o motivo.

Dono de quem. O Cade quer ainda que sejam listadas todas as empresas (e seu faturamento bruto) nas quais a LSF10 detinha participação societária acima de 20% (ou controle), direta ou indiretamente, no Brasil, na data de consumação da operação, assim como todos os acionistas que tinham participação direta ou indireta acima de 20% na LSF10 (ou controle).

Quem é quem. O Natixis é o agente administrativo dos bancos peruanos que venderam para a Lone Star as ações dadas em garantia a eles por obras no Peru. A Odebrecht, que foi informada da aquisição após consumada, contesta a transação em câmara arbitral. A empresa considera irrisórios os US$ 5 milhões pagos pelo controle da Atvos e a estratégia adotada pela Lone Star como hostil.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.