Campos Neto atua como bombeiro na articulação da PEC emergencial

Campos Neto atua como bombeiro na articulação da PEC emergencial

Fernanda Guimarães

04 de março de 2021 | 05h07

Assunto que tem gerado muita tensão no mercado, o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, atuou para manter o Bolsa Família dentro do teto de gastos. Economistas do mercado financeiro tinham apelidado a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Emergencial de “PEC do Fim do Teto”, visto que se aventou deixar as despesas do Bolsa Família de fora da regra que limita os gastos neste ano. No entanto, com a articulação do General Ramos(Secretaria de Governo), juntos ao parlamentares, e apoio de Campos Neto, prestigiado entre os políticos, o martelo foi batido no texto do senador Márcio Bittar: Bolsa Família ficará dentro do teto.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.