Candidato a IPO, BMG quer carteira de R$ 10 bi em 2020 só com cartão

Coluna do Broadcast

23 de maio de 2019 | 04h00

Candidato a realizar uma oferta inicial de ações, o banco mineiro BMG colocou como meta alcançar uma carteira, em 2020, de R$ 10 bilhões só com seu principal produto: o BMG Card, lançado em 2005. O cartão respondeu pelo crescimento de 17,4% da carteira de varejo em 2018 e já representa 84,4% dessas operações que atingiram R$ 7,316 bilhões no primeiro trimestre.

Saltou aos olhos. Em sua tentativa de IPO no ano passado, o BMG Card chamou atenção durante as reuniões de apresentação da companhia. Contudo, desistiu do processo, diante do aumento da volatilidade no mercado.

Tudo o que sabemos sobre:

bmg

Tendências: