Carlos André deve permanecer na BB DTVM e capitanear IPO

Carlos André deve permanecer na BB DTVM e capitanear IPO

Coluna do Broadcast

09 de janeiro de 2019 | 04h00

O atual diretor-presidente da gestora de recursos do banco, a BB DTVM, Carlos André, deve ser mantido no comando da asset na gestão de Rubem Novaes. Dentre suas atribuições, está a de tocar uma possível abertura de capital da asset. Na gestão anterior, a ideia era encontrar um sócio privado para a operação. O projeto não andou. Agora, uma das possibilidades de maior chance é partir para uma oferta de ações (IPO, na sigla em inglês) da BB DTVM nos moldes da BB Seguridade, holding que concentra as operações de seguros do banco.

Pode ajudar. Naturalmente, uma abertura de capital da asset do BB será comandada pela área de mercado de capitais do banco. Até aí, nenhuma novidade. O que pode ajudar é o fato de que o futuro vice-presidente de Negócios de Atacado da instituição, Márcio Hamilton, já foi diretor-presidente da BB DTVM no passado.

Vale lembrar
O Santander já tentou a estratégia de ter sócios no braço global de gestão de recursos e voltou atrás. Após vender metade de sua asset para os fundos de private equity General Atlantic e Warbus Pincus, em 2013, recomprou a fatia. Na prática, a teoria se confirma: não vale a pena abrir mão da receita vinda da gestora. Mas há quem diga que tem pontos positivos e estratégicos em fazer o IPO da BB DTVM. Procurado, o BB não comentou.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast +

Tudo o que sabemos sobre:

BB

Tendências: