CCCC desiste de Rodovia dos Tamoios e decide focar em ferrovias

CCCC desiste de Rodovia dos Tamoios e decide focar em ferrovias

Coluna do Broadcast

22 Setembro 2017 | 05h00

A China Communications Construction Company (CCCC) mudou de ideia sobre aquisição da concessão da Rodovia dos Tamoios e suspendeu as conversas com o Grupo Queiroz Galvão. O chinês, que no Brasil é representado pelo Banco Modal, por meio de uma joint venture que conta com o australiano Macquire como sócio, decidiu centrar foco em ferrovias. Um dos ativos que o CCCC tem demonstrado interesse é a Ferrovia Norte Sul, que o governo sinaliza com leilão para este ano. A Tamoios liga São José dos Campos ao litoral norte de São Paulo e tem obras orçadas em R$ 2,9 bilhões. A principal é uma nova interligação do trecho de serra até a cidade de São Sebastião com 12,6 quilômetros de túneis e 2,5 quilômetros de viadutos. Procurado, o Modal não comentou.

Siga a @colunadobroad no Twitter