Charles Guedes, coordenador no Tesouro, vai presidir Lotex

Charles Guedes, coordenador no Tesouro, vai presidir Lotex

Coluna do Broadcast

15 de janeiro de 2019 | 04h00

A empresa que vai concentrar os negócios da Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex), da Caixa Econômica Federal, será presidida por Charles Guedes, que atualmente responde pela coordenação-geral de participações societárias do Tesouro Nacional. Sua principal missão será listar as ações da “raspadinha” na bolsa brasileira.

Não vai. Duas tentativas de leilões da Lotex já foram feitas, mas nenhuma bem-sucedida. A última foi em novembro e uma terceira está agendada para o mês que vem. Como está difícil chegar em um consenso em termos de preço, certamente o leilão do dia 05 de fevereiro não sairá.

Aval. O nome de Guedes é bem visto no mercado. A seu favor tem o fato de atuar na coordenação que cuidava de todas as participações da União em empresas. Ou seja, além de conhecê-las a fundo, sabe como vendê-las. A Lotex é um dos ativos que a nova gestão da Caixa vai abrir capital, além das áreas de seguros, cartões e gestão de recursos. Procurada, a Caixa confirmou a indicação.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast +

Mais conteúdo sobre:

Caixa Econômica Federal