Cielo apoia movimento D+2 e vai atacar em breve

Cielo apoia movimento D+2 e vai atacar em breve

Coluna do Broadcast

25 de abril de 2019 | 05h39

Apesar de ter frustrado o mercado a não contra-atacar na ‘guerra das maquininhas’, a Cielo, controlada por Bradesco e Banco do Brasil, não deve parar nos anúncios feitos hoje, de pagamento instantâneo como a PagSeguro do Uol, e ‘maquininha de graça’. O comentário nos bastidores é de que a líder do setor apoia a bandeira de pagar os lojistas em dois dias, o D+2 no jargão do mercado, ao invés do D+30, e vai ‘atacar’ em breve. Questionado sobre o assunto ontem, o presidente da companhia, Paulo Caffarelli, preferiu não comentar a “estratégia de concorrentes” uma vez que Getnet, do Santander, e Rede, do Itaú Unibanco, já fizeram movimentos nesta direção.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.