Cielo vai fazer reforço em sua operação nos EUA

Cielo vai fazer reforço em sua operação nos EUA

Coluna do Broadcast

10 de maio de 2019 | 04h00

Enquanto a ‘guerra’ ainda dá o tom ao mercado brasileiro de pagamentos, a Cielo, líder do setor, decidiu reforçar sua operação americana por meio da Merchant e-Solutions (MeS). A empresa, adquirida em 2012, deve receber um aporte de cerca de R$ 178 milhões (US$ 45 milhões) por parte da sua controladora nos próximos três anos. Com a injeção de recursos, a ideia é tornar a MeS mais competitiva para disputar o mercado americano que, diferente do brasileiro, é muito mais segmentado. Havia uma expectativa de que a MeS fosse, ao contrário, vendida por conta de resultados não tão satisfatórios. O movimento era cogitado mesmo após a Cielo investir US$ 670 milhões para adquiri-la e ter feito ainda uma tentativa de tropicalizar seu sistema para o Brasil.

Mudança de rota. A leitura da companhia seria, contudo, de que há uma oportunidade promissora com maquininhas na terra do Tio Sam. Enquanto quer se fortalecer no mercado americano, a Cielo avalia trocar R$ 3,4 bilhões em bônus emitidos no exterior para pagar a aquisição da MeS. A ideia é gerir melhor seu caixa para fazer frente à guerra das maquininhas no Brasil. Procurada, a Cielo não comentou.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+

Tudo o que sabemos sobre:

cielo

Tendências: