Cielo vende metade das maquininhas Stelo do ano todo na Black Friday

Cielo vende metade das maquininhas Stelo do ano todo na Black Friday

Coluna do Broadcast

04 de dezembro de 2018 | 04h00

A Cielo, controlada por Bradesco e Banco do Brasil, está avançando na estratégia de reaver o mercado perdido e, de quebra, fazer concorrência à PagSeguro, do Uol. Somente na Black Friday, a companhia teria vendido mais de 200 mil maquininhas (POS, na sigla em inglês) da Stelo, marca que recentemente adquiriu para desenvolver sua operação de venda de terminais a microempreendedores.

Além da meta
O número representa metade da quantidade ofertada no ano, na casa dos 400 mil terminais. Com este desempenho, a Cielo mais que supera a meta traçada para o ano de 2018, de comercializar 330 mil máquinas da Stelo.

Volume dobrado
Diante desse impulso, o volume financeiro capturado por esses terminais tem potencial de dobrar no fechamento deste exercício, superando os R$ 2 bilhões. O breakeven – ponto de equilíbrio – pode vir já em julho de 2019, um ano e meio após o anúncio da compra que custou R$ 67,3 milhões à Cielo. Procurada, a adquirente informou que não pode comentar o assunto por questões estratégicas.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+

Tudo o que sabemos sobre:

cielo

Tendências: