Cielo vende metade das maquininhas Stelo do ano todo na Black Friday

Cielo vende metade das maquininhas Stelo do ano todo na Black Friday

Coluna do Broadcast

04 Dezembro 2018 | 04h00

A Cielo, controlada por Bradesco e Banco do Brasil, está avançando na estratégia de reaver o mercado perdido e, de quebra, fazer concorrência à PagSeguro, do Uol. Somente na Black Friday, a companhia teria vendido mais de 200 mil maquininhas (POS, na sigla em inglês) da Stelo, marca que recentemente adquiriu para desenvolver sua operação de venda de terminais a microempreendedores.

Além da meta
O número representa metade da quantidade ofertada no ano, na casa dos 400 mil terminais. Com este desempenho, a Cielo mais que supera a meta traçada para o ano de 2018, de comercializar 330 mil máquinas da Stelo.

Volume dobrado
Diante desse impulso, o volume financeiro capturado por esses terminais tem potencial de dobrar no fechamento deste exercício, superando os R$ 2 bilhões. O breakeven – ponto de equilíbrio – pode vir já em julho de 2019, um ano e meio após o anúncio da compra que custou R$ 67,3 milhões à Cielo. Procurada, a adquirente informou que não pode comentar o assunto por questões estratégicas.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+

Mais conteúdo sobre:

cielo