Citi e Itaú Unibanco desovam créditos podres de empresas

Citi e Itaú Unibanco desovam créditos podres de empresas

Economia & Negócios

08 Junho 2018 | 04h00

O Itaú Unibanco e o Citi colocaram à venda carteiras de empréstimos de pessoas jurídicas vencidas e que não foram pagas, movimentando o mercado de crédito podre brasileiro durante o segundo trimestre. Tradicionalmente concentrado em carteiras inadimplentes de pessoas físicas, a venda de carteiras corporativas é vista como uma evolução desse segmento e atrai, especialmente, fundos estrangeiros especializados no assunto, também chamados de “abutres”. No caso do Itaú, o banco ofertou aproximadamente 40 casos de empresas em recuperação judicial. A instituição já recebeu oferta de dois interessados e espera fechar a operação até julho próximo. Nenhum grande caso está contemplado no bolo.

Médias
Já o Citi, que após vender sua operação de varejo para o Itaú ficou focado apenas no segmento corporativo no Brasil, está ofertando cerca de R$ 70 milhões de crédito de empresas médias. Esse processo está em fase inicial. Procurados, Citi e Itaú não comentaram.

Siga a @colunadobroad no Twitter