Citibank vence em NY disputa bilionária contra Daniel Dantas

Citibank vence em NY disputa bilionária contra Daniel Dantas

Economia & Negócios

01 Julho 2018 | 04h00

O empresário Daniel Dantas perdeu uma ação bilionária movida na Corte de Nova York contra o Citibank, envolvendo a Brasil Telecom. Em abril do ano passado, o brasileiro entrou com processo para tentar reabrir um acordo fechado com o banco norte-americano em 2008, que encerrou a disputa societária na Brasil Telecom e permitiu a criação de uma supertele, que veio a ser a Oi, hoje em recuperação judicial.

Sem provas. Ao negar o pedido de reabertura do caso, o juiz da Corte de Nova York também barrou a possibilidade de o banqueiro acrescentar novas queixas. O juiz alegou que o banqueiro foi um dos beneficiários do acordo e que não conseguiu demonstrar que foi coagido. Uma das alegações de Dantas era que o Partido dos Trabalhadores (PT) se aliou ao Citibank para tentar coagi-lo a assinar o acordo, que rendeu R$ 1 bilhão ao Banco Opportunity na época. O banqueiro argumenta ter sido vítima naquele momento de um esquema de corrupção do PT, revelado agora pela Operação Lava Jato.

Revanche. O Opportunity encerrou suas operações como banco. Atualmente, Dantas e seu sócio, Dorio Ferman, tocam a gestora de recursos do Opportunity, que administra R$ 38 bilhões. Por meio de sua assessoria de imprensa, o banqueiro informou que não vai comentar, uma vez que ainda cabe recurso à decisão da Corte de Nova York.//ALTAMIRO SILVA JÚNIOR

Siga a @colunadobroad no Twitter