Com duplo aporte do Bradesco, 4i, de Juan Jensen, inicia nova captação

Com duplo aporte do Bradesco, 4i, de Juan Jensen, inicia nova captação

Altamiro Silva Junior

18 de fevereiro de 2022 | 05h15

Jensen: dinheiro foi usado profissionalizar a empresa e desenvolver produtos  Foto:  4i/Divulgação

Uma ferramenta que ajuda a Hering a prever as vendas por região do País e a definir onde abrir ou fechar lojas ou centros de distribuição. Ou a M. Dias Branco a decidir o reajuste de preços dos alimentos que fabrica, afetados pelo distúrbio nas cadeias de produção na pandemia, tendo em vista a sensibilidade a aumentos em cada local do Brasil. Com dois aportes do Bradesco, a startup 4Intelligence, ou 4i, como é chamada pelos fundadores, desenvolveu um programa de inteligência artificial usado pelas empresas acima, e outras grandes, como Coca-Cola, Volvo, Samsung e o próprio banco. Agora, começou nova rodada de captação, a série A (quando uma startup prova que sua ideia é viável e pode ganhar escala), que pode chegar a R$ 25 milhões.

A 4i chamou atenção de um fundo de venture capital do Bradesco. Em 2020, recebeu investimento de R$ 4 milhões. No ano passado, foram outros R$ 10 milhões. De lá para cá, seu faturamento cresceu seis vezes e os funcionários passaram de 23 para quase 100. Criada por economistas, já abriga mais engenheiros e prevê faturar R$ 15 milhões em 2022.

Entre os sócios da 4i está o economista Juan Jensen, sócio da consultoria econômica 4E, dissidência da Tendências. Ele e seus colegas tiveram a ideia de criar a 4Intelligence em 2016, para dar suporte à consultoria. Com o crescimento, a situação se inverteu e hoje a 4E é um departamento de pesquisa econômica da 4i.

Segundo Jensen, o dinheiro do Bradesco foi usado para profissionalizar a empresa e desenvolver produtos. Em março, um dos lançamentos permitirá ao usuário fazer seus próprios modelos, a partir do algoritmo da 4i. A empresa já está em conversa com fundos – nacionais, principalmente. Os estrangeiros devem ficar para a série B, quando a companhia tiver mais musculatura.

A série A deve ser concluída em julho. A ideia é usar o dinheiro para estruturar um time de vendas. Até agora, os grandes clientes da 4i vieram da relação dos próprios economistas como consultores na 4E.

A startup usa algoritmos que permitem testar milhares de versões de um modelo de previsão. A ideia é buscar exatidão em previsão de vendas, estoque, produção e safra, entre outras possibilidades. Também utiliza leituras de imagens de satélites para fazer modelos.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast no dia 17/02/22, às 16h25.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.