Com emissão do Daycoval, bancos quase dobram captações no exterior em 2019

Com emissão do Daycoval, bancos quase dobram captações no exterior em 2019

Cynthia Decloedt

10 de dezembro de 2019 | 04h00

Com a emissão bem sucedida de US$ 350 milhões do Banco Daycoval na sexta-feira, dia 06, quatro bancos levantaram US$ 2,2 bilhão no exterior com emissão de bonds este ano. Além do Daycoval, acessaram o mercado de dívida estrangeiro o Itaú Unibanco (US$ 500 milhões), o BTG Pactual (US$ 500 milhões) e o Banco Votorantim (US$ 850 milhões). Em 2018, dois bancos – o BB e o Itaú – captaram US$ 1,4 bilhão.

Na fila. A expectativa é de que as instituições financeiras brasileiras continuem acessando o mercado externo, diante da agenda pesada de vencimentos de bonds previstos para os próximos anos. Do total de US$ 36,1 bilhões desses papéis que circulam no mercado de dívida externo, US$ 18,7 bilhões vencem entre 2020 e 2022. Na lista de bancos com compromissos no ano que vem estão ABC Brasil, Banco do Brasil, Bradesco, Banco Votorantim, Banco Pan, Bonsucesso, BMG, BTG Pactual, Itaú Unibanco e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 

Nota publicada no Broadcast dia 09/12 às 14:54.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: