Com exportação para China, PifPaf quer dobrar faturamento

Coluna do Broadcast

22 de setembro de 2019 | 05h00

Depois de receber certificação do governo chinês liberando sua exportação para o país, a fabricante de alimentos PifPaf espera ver seu faturamento dobrar em quatro anos. Os primeiros embarques estão previstos para o final de outubro. A unidade habilitada tem potencial para exportar até 15 mil toneladas de carne de frango por ano, o que representa US$ 50 milhões. A empresa deverá fechar 2019 com uma receita na casa de R$ 2 bilhões e sua expansão estará baseada, ainda, em um planejamento que combina aquisições e crescimento orgânico. Em 2019, a PifPaf já obteve habilitações para México e Canadá. Atualmente, a empresa exporta para mais de 20 países. Desalavancada e com caixa, as aquisições no pipeline da PifPaf devem ser suportadas por recursos próprios e pela emissão de títulos de dívidas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.