Com juro baixo, crédito com garantia de imóvel dá salto em fintech

Com juro baixo, crédito com garantia de imóvel dá salto em fintech

Aline Bronzati

26 de janeiro de 2020 | 04h45

FOTO TIAGO QUEIROZ/AE

A fintech Bcredi viu a oferta de crédito pessoal com garantia de imóvel, o famoso home equity no jargão do mercado, dar um pulo de mais de seis vezes em dezembro, frente um ano antes. O motor vem, principalmente, dos juros menores no País e o maior conhecimento dos brasileiros em torno do produto, que mira aqueles com imóveis quitados.

Empurrão

Com o salto no home equity, a novata viu sua carteira de empréstimos quase dobrar no ano passado, encostando nos R$ 700 milhões ante R$ 400 milhões em 2018. As razões para o desempenho foram parcerias com empresas como Loft, Stone, Nexoos, FinanZero, além da presença em meios digitais.

Notícia publicada no Broadcast dia 24/01/2020, às 11:27:49

Contato: colunabroadcast@estadao.com
Siga a @colunadobroadcast no Twitter

 

Tudo o que sabemos sobre:

fintechLofthome equity

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: