Com migração de brasileiros aos EUA, operações de câmbio saltam na B & T Global

Com migração de brasileiros aos EUA, operações de câmbio saltam na B & T Global

Fernanda Guimarães

08 de dezembro de 2019 | 04h00

A B&T Global, braço em Miami do Grupo B&T, viu o número de operações de câmbio saltar na esteira do crescimento da migração de brasileiros para os Estados Unidos. A projeção para este ano é que as operações de câmbio comercial da B&T Global cheguem a US$ 4,7 milhões, e subam para US$ 5,8 milhões no ano que vem. Já as transferências feitas em parcerias com remessadoras devem fechar o ano em US$ 56,1 milhões, e quase triplicar para US$ 157,1 milhões em 2020. A primeira unidade do Grupo fora do Brasil, localizada em Miami, começou a funcionar no ano passado para atender à crescente demanda de seus clientes por serviços na Flórida e em busca de empresas que precisavam de uma base nos Estados Unidos para exportações e importações do Brasil.

publicada no Broadcast dia 06/12/2019, às10:22:15

Contato: coluna.broadcast@estadao.com
Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: