Com oferta de ações, acionistas da CCR abrem mão de controle

Coluna do Broadcast

19 de fevereiro de 2017 | 05h00

Depois da oferta subsequente de ações do Grupo CCR, de R$ 4 bilhões, os acionistas majoritários, os grupos Soares Penido, Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez, abriram mão do controle da empresa. Antes da oferta, detinham, juntos, 51,22% da companhia e o restante, 48,78%, estava em circulação no mercado.

De graça 
Agora, o grupo está com cerca de 45%. O fundo Lazard ficou com 5,55% e 49,68% estão em circulação. No mercado, o movimento foi recebido como uma boa notícia, já que os acionistas abriram mão do controle sem cobrar prêmio por isso.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.