Construtora mineira Patrimar avança em terrenos de R$ 200 mi no Rio

Construtora mineira Patrimar avança em terrenos de R$ 200 mi no Rio

Circe Bonatelli

26 de novembro de 2020 | 05h15

Terrenos na Barra da Tijuca onde a Patrimar fará empreendimentos de luxo. Crédito da imagem: Divulgação da empresa

A incorporadora e construtora mineira Patrimar, da família Veiga, está preparando três empreendimentos de luxo que serão lançados a partir do março na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Cada um dos projetos tem valor geral de vendas estimado em algo próximo a meio bilhão de reais.

Herança. Os terrenos faziam parte do espólio do empresário italiano Pasquale Mauro, falecido em 2016, e que era conhecido como o “latifundiário” da Barra, por ser dono de milhares de metros quadrados na região (alvos de cobrança milionária de IPTU nos últimos anos). A área do empreendimento fica entre a Avenida das Américas e o campo de golfe, com vista para a Lagoa de Marapendi e o mar.

Em troca. Os terrenos foram avaliados em cerca de R$ 200 milhões. A Patrimar pagou apenas uma pequena quantia em dinheiro. O resto foi negociado como permuta pela venda futura dos apartamentos. A intermediação foi feita pela imobiliária Patrimóvel, de Rubem Vasconcelos, bastante conhecido no mercado carioca.

Alto padrão. O primeiro dos três empreendimentos terá seis torres, sendo que metade deve ser lançada logo na largada. O projeto inclui apartamentos de 190 m2 a 260m2 e devem ser negociados por aproximadamente R$ 14 mil/m2, ou seja, a partir de R$ 2,6 milhões.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 25/11/2020, às 15:34:13.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse http://www.broadcast.com.br/produtos/broadcastplus/

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: