Consultoria imobiliária paulistana abre escritório na Colômbia

Consultoria imobiliária paulistana abre escritório na Colômbia

Circe Bonatelli

05 de outubro de 2021 | 05h31

Plaza de Bolívar, em Bogotá, onde a Siila está abrindo escritório Foto: REUTERS/Luisa Gonzalez

A consultoria imobiliária Siila, fundada em São Paulo em 2015, está abrindo o segundo escritório fora do País. O primeiro foi na Cidade do México, em 2018, e o próximo é em Bogotá, capital da Colômbia. O país tem uma das cinco maiores economias da América Latina e vem atraindo fluxo crescente de investidores em prédios corporativos, galpões logísticos e shoppings.

São justamente esses mercados que a Siila vai acompanhar, produzindo relatórios com dados sobre a quantidade de locações, valores dos aluguéis, níveis de ocupação e lançamentos, entre outros dados. A cobertura priorizará as cidades de Bogotá, Medellín, Calí, Barranquilla e Cartagena.

Tanto aqui quanto no exterior, a disputa é com gigantes do naipe de CBRE, JLL e Newmark. Mesmo assim, a percepção é de que há espaço para a atuação de uma empresa local, com o uso do modelo das multinacionais para a América Latina, segundo o CEO da Siila, Giancarlo Nicastro (ex-Cyrela, Odebrecht e Gafisa). Ao contrário das concorrentes, a Siila faz apenas monitoramento de mercado, e não o serviço de corretagem.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 04/10/2021 às 11h26.

Broadcast+ é a plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse

Tudo o que sabemos sobre:

imóveisimobiliáriaexteriorColômbia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.