Credit Suisse eleva status da área de gestão de fortunas brasileira

Credit Suisse eleva status da área de gestão de fortunas brasileira

Economia & Negócios

22 Agosto 2018 | 04h00

A área de gestão de fortunas brasileira do Credit Suisse, que no Brasil opera com a marca Credit Suisse Hedging-Griffo (CSHG), teve seu status elevado pela matriz suíça, dentro da revisão estratégica do negócio de gestão de patrimônio que o banco faz mundialmente. Como resultado desse movimento, Marco Abrahão, que já cuidava desses investimentos locais, foi promovido a presidente da agora chamada Área Internacional de Gestão de Fortunas Brasil, ficando responsável também pelas operações internacionais desses clientes.

Recorde
A queda do juro básico brasileiro e a busca por diversificação de investimentos têm impulsionado esta indústria. Em junho deste ano, o segmento private atingiu R$ 1 trilhão sob gestão, pela primeira vez, de acordo com dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima). Há três anos, o Credit Suisse estabeleceu como prioridade a área de gestão de fortunas no Brasil, com a qual pretende gerar negócios para o segmento de banco de investimento, visto que boa parte de seus clientes é formada por grandes empresários.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real