Credores querem Tito Martins, ex-Vale e Nexa, no comando da Samarco

Credores querem Tito Martins, ex-Vale e Nexa, no comando da Samarco

Fernanda Guimarães

23 de fevereiro de 2022 | 05h40

Mineradora está em recuperação judicial  Foto: Felipe Rau/Estadão

O grupo de credores da Samarco, formado por fundos estrangeiros e detentores de mais de R$ 20 bilhões da dívida da mineradora, vai sugerir um nome de peso para assumir a presidência executiva da empresa, que está em recuperação judicial. Escalou Tito Martins, um dos nomes mais reconhecidos no País no setor de mineração e que foi, por anos, executivo do alto escalão da Vale.

Tito estava até o fim do ano passado no comando da Nexa, ex-Votorantim Metais, cargo que ocupou por dez anos. Os credores querem independência da Samarco e Tito já teria topado a missão. A mensagem que ecoa no grupo é qualquer plano aprovado com apoio do grupo deverá prever uma nova gestão. Tal proposta poderia ocorrer tanto em um plano apresentado pela própria Samarco ou pelos credores.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast no dia 22/02/22, às 15h35.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

mineradoraSamarcovale#credores

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.